ALBRAS MAIS PERTO DE VOCÊ

Na noite de sábado, 27/10, mais de 1.200 pessoas participaram da 5ª edição do ano do programa Albras Mais Perto de Você – Cultural, que visitou Vila do Conde, em Barcarena. O evento foi na Praça Matriz da comunidade, com a proposta de resgatar e a valorizar as manifestações artísticas, além de incentivar o interesse dos moradores pela cultura local.
O palco foi montado para receber os artistas, como os da banda de Barcarena, D’bubúia. Esta foi a segunda vez que o grupo se apresentou no evento promovido pela empresa. “Apesar de estarmos na estrada há algum tempo, nossas músicas estão ficando conhecidas só agora. Esse evento é muito importante para divulgar nosso trabalho, principalmente porque estamos gravando nosso primeiro CD”, afirmou Esdras Freitas, guitarrista e produtor da banda.
A estudante Cynthia Valadares, 19 anos, aprovou a iniciativa da empresa. “Ver a praça cheia, com várias atrações culturais aqui da comunidade, é muito gratificante. Fico agradecida”, afirmou a estudante. O evento reuniu pessoas de diferentes faixas etárias, por isso, as atrações foram dedicadas para toda a família.
A noite se estendeu com apresentações de vários ritmos e estilos de dança, do hip hop ao carimbó. Para quem gosta de esporte a programação também contou com a participação de um grupo de karatê e outro de capoeira, que apresentaram um pouco do que é desenvolvido em cada arte marcial.
Para o líder comunitário de Vila do Conde, Anderson Brito, o centro comunitário apoia vários grupos de danças e esportivos e, um evento como este, é a oportunidade de apresentar o que se tem de melhor na comunidade. “Quando a Albras nos procurou para fazermos essa parceria ficamos animados, porque sabemos que a população é carente de iniciativas como essa. Então tudo que valoriza a nossa cultura e que estimule os nossos jovens a desenvolver novas atividades é muito importante”, afirmou.
A eleição da Miss Cultural animou ainda mais a festa. A jovem Mylena dos Anjos, 16 anos, conquistou o título e representou a beleza da comunidade. Os concursos de danças adulto e infantil e as premiações também contagiaram o público.
Quem desenvolve trabalhos artesanais ou possui dotes culinários teve espaço garantido nas tendas de vendas. A proposta é incentivar o comércio na comunidade e proporcionar mecanismos de geração de renda extra às famílias.
No final do evento, a gerente de Relações Externas e Comunicação Empresarial da Albras, Elena Brito, falou sobre a experiência do programa. “Nossa preocupação é estimular novos grupos, novos artistas e a organização nesse sentido para que a gente contribua socialmente. A gente sabe que Vila do Conde é uma comunidade carente e a cultura é uma forma muito importante para chegarmos ao objetivo final de estabelecer uma condição social melhor pra essa região”, afirmou a gerente.

Fonte: Comunicação Empresarial

Albras em vídeo | Canal de Denúncia